quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Criatividade a 11 passos de você


Eu não trabalho muito com criatividade mas usufruo bastante desse dom que (felizmente) tenho. Mas mesmo não fazendo parte do ramo criativo, sei que as pessoas que trabalham com isso dependem de sua capacidade de constantemente trazer novas ideias e produzir para sobreviver.

Então me veio à cabeça, e quando essas pessoas se sentem drenadas, presas ou simplesmente sem inspiração? O que elas costumam fazer para incentivar a criatividade?
Aproveitando o meu finalzinho de noite e tempo livre, resolvi pesquisar e achei ótimas dicas em um site de decoração que acesso constantemente. Resolvi compartilhar com vocês que, assim como eu, gostam de criar novas ideias ou pretendem trabalhar com a criatividade.

Estes são os 11 métodos para incentivar a sua inspiração (seja para trabalho ou não) sugeridos por Laura Gaskill do blog Lolalina, uma designer que ama decoração, tendências e inspirações.
1. Trabalhe menos, porém mais esperto. 

O pintor Chuck Close, uma vez disse: " A inspiração é para amadores - o resto de nós apenas aparece e começa a trabalhar. " E enquanto apenas aparecer certamente deve fazer parte da rotina de qualquer profissional criativo, não vejo o porquê de estar sentado em frente a uma mesa por horas e horas, se não estou produzindo nada. Se você acha que tende a perder muito tempo em sua mesa ou escritório, provavelmente isto ocorre porque você está passando muito tempo por lá! Reduza o seu tempo de trabalho de forma incremental. Mude de ambientes durante o dia e de focos também. Com a vida corrida que a gente leva é até difícil evitar que isso aconteça mas para quem trabalha em um banco ou escritório durante o dia inteiro e fazendo sempre as mesmas atividades, pode se tornar cansativo e pior, improdutivo. 
Quando não estiver produzindo por algum motivo, pare, descanse e tente alimentar as suas fontes de inspiração. Pense como se a criatividade fosse uma energia a ser gasta e o seu alimento, inspiração.

2. Saiba quando você trabalha melhor.

É extremamente útil saber em que momentos do dia  o seu corpo está em pico de energia - e quando ele despenca. Se, por exemplo, o seu melhor momento é pela manhã cedinho, use as duas primeiras horas de seu dia para trabalhar em seu trabalho criativo mais desafiante. Salve as tarefas menos importantes para mais tarde, quando você precisar fazer algo menos exigente.

3. Faça uma viagem de campo criativo.

Alguns dias você só precisa sair do escritório - e se você não tem um prazo a cumprir, não há nada de errado em dar umas fugidinhas. Ir para o mundo e experimentar algo novo pode ser o gatilho que você estava precisando para incentivar a sua criatividade a fluir novamente. Confira uma nova exposição de arte, vá a uma excursão de arquitetura ou simplesmente ir a praia, a um parque observar os movimentos ao seu redor. 
Mesmo se o que você faz ou vê não é diretamente relacionado a sua area, essas atitudes podem desencadear uma nova conexão criativa.

4. Encontre-se com um amigo. Se o seu amigo trabalha em um campo criativo ou é simplesmente alguém que você se conecta e que te entende,  marque um dia para para sair e tomar um café, almoço ou um passeio. Se você costuma fazer pausas e almoçar sozinho (uma ocorrência comum para os empresários), pode ser uma ótima opção gastar esse tempinho livre para socializar.
5. Faça algo diferente. Agite a sua rotina.

Tome um caminho diferente para o trabalho, tente escrever com a mão não dominante, dizer o alfabeto de trás para frente ou ouvir uma estação de rádio que você nunca ouviu antes. Pegue alguns livros ao acaso e leia uma ou duas páginas de cada um. Fazer coisas incomuns ou até mesmo um pouco desconfortáveis para nós podem ser formas maravilhosas para acordar o cérebro segundo alguns especialistas.

6. Mova seu corpo. 
Você está fazendo exercícios o suficiente?
Se não, considere uma parte do seu dia para se dedicar aos exercícios - mesmo se você estiver muito ocupado, vale a pena. A movimentação ajudará você a pensar com mais clareza, a se sentir menos estressados ​​e se concentrar mais facilmente. Não gosta de academia? 10 minutos de caminhada ao ar livre podem ser suficientes para refrescar e revigorar sua mente. Isso depende de cada um. 

E se você vive perto do local de trabalho, considere trocar o conforto do seu carro por uma bicicleta de vez em quando.

7. Mine de seu passado. 
Quando você está com algum bloqueio criativo, às vezes, simplesmente olhar para o seu próprio trabalho passado e idéias é o suficiente para desencadear algo novo. Se você está trabalhando como um profissional criativo por vários anos, sem dúvida, tem muito trabalho antigo a ser analisado, arquivos inspiração etc. Olhe sobre suas estantes, ideabooks, revistas e livros, também - algo que uma vez inspirou você pode te instigar novamente.
8. Aprenda algo novo. 
Seja aluno sempre. Tente aprender algo novo. Matricule-se em um curso de línguas, violão, artes marciais ou qualquer outro curso de seu interesse. Leia um livro novo, participe de oficinas, palestra ou seminários. Seja curioso! Apenas certifique-se que é algo que soa atraente para você - o objetivo é se inspirar, revigorar e motivar, para não sentir todas as tarefas do dia como se fossem apenas obrigações.
9. Anote.

Todos nós temos idéias, o problema é acessá-las quando mais precisamos delas, certo? Sugiro manter um pequeno caderno ou bloquinho de notas - um lugar onde você pode facilmente anotar idéias e trechos de inspiração, perguntas e reflexões. Então, quando você se sentir preso, atitudes como folhear o seu caderno ou dar uma olhada nas anotações, vão te ajudar bastante.

10. Faça uma ponte para o dia seguinte. 
Hemingway costumava sempre parar de escrever para o dia com um pouco de idéia da história ainda em sua mente - de que maneira ele sabia que teria algo para escrever sobre quando ele chegou para trabalhar na manhã seguinte. Você pode fazer algo semelhante, não importa o que o seu trabalho é, deixando propositadamente algo inacabado, no final de cada dia. E antes que você termine completamente um projeto, anote algumas idéias iniciais para o seu próximo. Dessa forma você se sentirá sempre pronto para continuar a atividade do dia anterior.
11. Saiba quando deve parar.
Quando você está trabalhando em um projeto criativo, não são muitas as vezes em que você para em um determinado ponto e tem certeza de que concluiu o seu trabalho. Se você está projetando um quarto ou a criação de uma pintura, fotografia ou gráfico, há momentos em que parece que você poderia continuar trabalhando com aquilo para sempre. 

Tente perceber o seu cansaço e tome isso como um sinal para se afastar. Saia do estúdio. Saia para jantar, assista um filme, coma um pouco de chocolate, dorma. Recuse-se a olhá-lo novamente até o dia seguinte, pelo menos.

0 comentários:

Postar um comentário